Editora Livraria da Editora Revista AcadêmicaConselho Editorial Chamada Normas

Ano 10 - Número 02 (Jan - Jul 2019)
 

Todas as Musas Ano 10 Número 2
(clique na imagem para adquirir a versão impressa)



Sumário

 

Editorial - Flavio Botton e Fernanda Verdsaca Botton p.1
 

Dossiê: Linguagem do Cinema, Linguagens no Cinema Vol. 1

 

“Ao passo que vamos, recuamos”: modulações do mito do poeta no filme Terra em Transe - Bárbara Xavier França p. 2

 

A dimensão poética de Lavoura Arcaica: relações intersemióticas e o processo adaptativo do gênero híbrido - Beatriz Pazini Ferreira p. 12

O cinema nas ilustrações de Chica e João de Nelson Cruz - Izaura da Silva Cabral p.  21

A Amazônia animada: uma análise pós-colonialista do filme Rio 2 - Luciana Maira de Sales Pereira p. 28

Guerra conjugal: palimpsestos de violência - Carla Kinzo p. 40

Do papel escrito ao ecrã: uma leitura das Cartas da Guerra, de António Lobo Antunes e Ivo M. Ferreira - Diana Navas e Graziele Maria Valim p.49

A cidade do Porto na ótica de Manoel de Oliveira: do testemunho à memória coletiva - Edimara Lisboa p. 60

O espaço na literatura e no cinema: as identidades do lugar em Vale Abraão - Fernanda Barini Camargo p. 70

A sublimação da pobreza e a comédia do absurdo em dois filmes de Manoel de Oliveira baseados nas peças de Prista Monteiro - Márcia Regina Rodrigues p. 78

O cinejornal no Estado Novo reinterpretado pela montagem de Fantasia Lusitana: algumas contradições na construção da imagem de Portugal como um país pobre - Márcio Aurélio Recchia p. 86

O cinema e seus duplos - Maria do Rosário Lupi Bello p. 97

Uma poética singular: diálogos entre cinema, pintura e literatura - Mariana Veiga Copertino Ferreira da Silva p. 109

“O artifício copia a natureza, mas os fenômenos são gêmeos”: mise en abîme e metalepse no filme Carlos de Oliveira – Sobre o lado esquerdo (2007), de Margarida Gil - Patrícia Resende Pereira p. 117

Manoel de Oliveira, Agustina Bessa-Luís e a arte de filmar o tempo da palavra: um olhar sobre Vale Abraão - Vivian Leme Furlan p.127

 

 

Entrevistas:

 

Conversas com Jacques Parsi a propósito de Manoel de Oliveira - Renata Soares Junqueira, Edimara Lisboa, Fernanda Camargo e Mariana Copertino p. 134

Hilda Hilst em plano-sequência: uma conversa sobre cinema e literatura com Eduardo Nunes, diretor e roteirista de Unicórnio - Aline Novais de Almeida, Andréa Jamilly Rodrigues Leitão e Juliana Caldas p.142
 

Artigos:

Masculinidades subversivas em Mia Couto e Marcelino Freire: os meninos da dissidência - Flávio Adriano Nantes  p. 151

Honra, adultério e patriarcado em O Marido da Adúltera de Lúcio de Mendonça e A Falência de Júlia Lopes de Almeida - Robert Howes p. 162

A escrita literária afro-brasileira de Conceição Evaristo e Fatima Trinchão - Silvana Rodrigues Quintilhano e Carla Kühlewein p. 170

Desconstruindo pilares, construindo narrativas - Letícia Freire de Moraes, Edson Santos Silva e Stela de Castro Bichuette p. 179

Rússia 1917: Literatura e Revolução - Alfredo Oscar Salum p. 188

História e Literatura: um diálogo interdisciplinar - Lourenço Resende da Costa p. 203
 

Resenhas:

 

“Não sou sua princesa” - Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira p. 210
 

Literatura e Ditadura no Brasil - Maurício Silva p. 212